Page 15 - Americas
P. 15

15


                    A Compagnie Latécoère está dando os primeiros passos com a operação das linhas de Toulouse à
                  Espanha, Marrocos, Mauritânia e Senegal. Pierre-Georges Latécoère vende 14 de abril de 1927,  suas
                  "linhas" para Marcel Bouilloux-Lafont, que fará a Aeropostale, uma vitória da aviação francesa e a primeira
                  companhia aérea do mundo, em 1930.

                  Então, a Air France13, que o sucede, junta forças com a Lufthansa, que
                  oferece  para  operar  a  rota  do  Atlântico  Sul  em  conjunto  e  usar  a
                  infraestrutura restante da Aéropostale na América do Sul.



                    Este  desengajamento,  principalmente  na  América  do  Sul,  causa  uma
                  queda  comercial  da  aviação  francesa,  mas  faz  feliz  outros  como  os
                  alemães  de  Lufthansa  e  os  americanos  de  Pan  American  que  irão
                  compartilhar os restos do falecido Aeropostale.

                   Os americanos com a empresa Pan Am, a principal empresa da década
                  dos trinta, ajudarão a encontrar um lugar facilmente accessível   em quase
                  todos os estados da América e no Caribe, o presidente Juan Terry Trippe,
                  pai  de  inúmeras  inovações  e  seu  famoso  piloto  Charles  Lindbergh
                  contribuem para o seu desenvolvimento.

                   O  seu  desempenho  econômico  é  alcançado  por  meio  de  acordos
                  financeiros e a criação de companhias subsidiárias ou pelas compras de
                  empresas locais  em dificuldade. Em 1922, uma missão de  treinamento
                  naval dos EUA foi iniciada e permanecerá no Brasil até 1978.

                   A Grã-Bretanha também com a companhia da Imperial Airways tem vista
                  sobre a América do Sul, mas nada muito concreto, concentrando-se mais
                  no seu desenvolvimento em seu império colonial e no Canadá.

                   O  Império  britânico  em  1930  continua  a  ser  proeminente.  O  comércio
                  britânico é o maior do mundo, mesmo maior que o dos Estados Unidos.

                  Em 1935, o comércio total da Grã-Bretanha era de 16,4 bilhões de francos-
                  ouro, contra 12,6 nos Estados Unidos, 10,1 na Alemanha, 7,1 na França e
                  4,1 no Japão.

                   Finalmente na América14, além de Canadá, Labrador e Terra Nova, o
                  império britânico está presente na Jamaica, na Guiana Inglesa, além de
                  também  em  várias  ilhas,  como  Bahamas,  Bermudas,  ilhas  do  Vento  e
                  Honduras  britânica  (Belize),  que  é  o  único  país  de  língua  inglesa  na
                  América Central, onde a língua espanhola é a mais falada.



                   Os italianos se estenderão principalmente na América do Sul, chegarão
                  brilhantemente  na  competição,  5  de  julho  de  1928,  estabelecendo  um
                  recorde de distância entre Roma e Natal de 7 136 km em 51 horas e 59
                  minutos.
   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20