Page 9 - Americas
P. 9

9


                     Por  exemplo,  para  as  asas
                  francesas,  vamos  tomar  o  avião
                  Breguet XIV que começa a voar em
                  novembro de 1916, será produzido
                  massivamente, em 1917, 8 mil serão
                  fabricados  e  vendidos  em  quinze
                  países, incluindo os Estados Unidos
                  e  estarão  em  serviço  por  mais  de
                  dez  anos  com  reputação  mundial,
                  gratificando a indústria aeronáutica da França. A França, em 1918, tem a
                  maior  indústria  de  aviação  do  mundo,  fabricou  um  total  de  52  mil
                  aeronaves  e  90  mil  motores  de  aeronaves,  e  tinha  45  mil  aviadores  e
                  pilotos aéreos em suas fileiras.

                  Durante a guerra de 14/18, 16 000 pilotos deixariam as escolas na França
                  depois de um treinamento acelerado.

                   Os países beligerantes tinham fabricado 8,177.000 aeronaves no final de
                  1918.

                  No final do conflito, já existem muitas aeronaves: a Inglaterra alinha cerca
                  de 22.000 aeronaves, a França 12.000, a Itália 6.000 e a Alemanha cerca
                  de 15.000.

                  Como resultado, os países que participaram a guerra aproveitarão seus
                  arsenais de aviões para se convidarem para a mesa de negociação dos
                  países americanos e em outros lugares para vender seus aviões e treinar
                  pilotos com, obviamente, a prática de venda de influências ou lobby.

                  Ao mesmo tempo, na América Central e do Sul, a aviação estava em sua
                  infância, mas já alguns precursores se distinguiram como Santos-Dumont
                  e muitos outros menos conhecidos.

                   Muitos  registros  serão  obtidos  em  face  do  mundo  principalmente  em
                  equipamentos feitos na França a partir de 1910.

                  Muitos empresários e pioneiros franceses estão aparecendo nos países.
                  Os aviões deixam as fábricas da França e começam a atravessar os céus
                  das Américas.



                  Os industriais aeronáuticos mais famosos do mundo são em 1920-
                  1940:


                   Europa:Breguet, Potez, Latecoere, Farman, Bleriot, Dewoitine (França)
                  Junker (Alemanha) Fokker (Holanda), De Haviland, Handley Page (Grã-
                  Bretanha) Savoia-Marchetti (Itália).
   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14